saudações, bons vizinhos

Atualizado: 26 de jan.


Colagem por @at0falho
 

O texto “saudações, bons vizinhos” apresenta uma das reflexões de Langston Hughes sobre cultura internacional e integração cultural. Marcado pela “Política da Boa Vizinhança”, criada pelo governo de Franklin D. Roosevelt durante a Conferência Panamericana de Montevidéu em 1933 (o que implica um leitura informada pela conjuntura do pré-Segunda Guerra Mundial), Hughes reflete sobre a necessidade de que os estadunidenses, principalmente os de cor, buscassem um conhecimento maior das culturas de matrizes afro-indígenas da América Central e do Sul. Marcante é a consideração de Hughes de que o racismo, nestas regiões, é de certa forma, mais ameno ou menos nuançado do que no seus EUA nativo. Reflexo da cordialidade brasileira que vivia período de franca exposição em terras do Tio Sam?